EspañolEnglishPortugúes

   Fibromac ®

Fibromac ®

FIBRAS DE POLIPROPILENO PARA A PROTEÇÃÓ PASSIVA
DO BETÃO CONTRA INCÊNDIOS

O principal objetivo que deve cumprir qualquer sistema de proteção passiva do betão contra o fogo é conseguir que em caso de incêndio, as características mecânicas dos elementos estruturais do betão conservem-se estáveis durante o processo de evacuação e a atuação dos bombeiros (por exemplo num túnel), evitando a perda de vidas humanas. Portanto, o sistema de proteção deve atuar durante os primeiros momentos do incêndio.
-

O EFEITO SPALLING

Quando o betão se vê exposto ao fogo, a temperatura superficial começa a aumentar e o vapor de água que se gera no seu interior dirige-se até ao núcleo da matriz onde as temperaturas são menores. Este fenômeno tem como conseqüência um incremento da pressão interna que chega a superar a própria resistência do betão, produzindo uma serie de explosões violentas durante os primeiros 20 minutos do incêndio (dependendo da natureza do material que se está queimando). O resultado é a perda por explosão da camada superficial do betão, mais conhecido como efeito SPALLING.
Investigações e ensaios recentes concluem que a adição de micro-fibras de polipropileno de diâmetros inferiores a 32 µm reduz significativamente o fenômeno SPALLING no betão durante um incêndio e que existe uma relação entre o número de fibras incorporadas à matriz e a melhora de comportamento do betão ante o fogo.
-

FIBRAS DE POLIPROPILENO FIBROMAC®

As fibras de polipropileno FibroMac® fabricam-se com filamentos extremamente finos, produzidos através de um processo de extrusão. Estão desenhadas para proteger a integridade do betão quando é submetido a altas temperaturas e ao fogo direto. Também reduzem o fenômeno de fissuração motivado pela retração ou o assentamento plástico e aumentam o controle sobre os fenômenos de exsudação e segregação.

As fibras FibroMac® melhoram as prestações do betão endurecido aumentando a sua resistência ante múltiplos fenômenos:

• Desgaste: através do controle de exsudação, evita-se o aumento da relação de água/cimento responsável da diminuição da resistência na superfície do betão..

• Impacto:
ao controlar o índice e profundidade das fissuras, ajuda a preservar a integridade da estrutura.

• Fogo: com a fusão das fibras a altas temperaturas, criam-se micro canais que aliviam a pressão gerada pelos vapores de água causadores do fenômeno “spalling”, aumentando o tempo de degradação das estruturas em caso de incêndio.


ENSAIOS E CARACTERÍSTICAS

Nestas imagens de ensaios pode observar-se a melhora da resistência e as prestações das amostras de betão reforçadas com Fibromac® comparadas com as amostras de betão não reforçado.


p_fibromac_tabla_02p_fibromac_tabla_01p_fibromac_tabla_03p_fibromac_tabla_05p_fibromac_tabla_04p_fibromac_tabla_06